Versão 0.1

Palestra: O mercado de dados pessoais e a área da saúde

Considerando o avanço das tecnologias digitais nas relações econômicas, políticas e sociais, a palestra pretende abordar as implicações entre o uso dessas tecnologias e o estabelecimento de um mercado de coleta e venda de dados pessoais que avança, inclusive, em serviços básicos como os da Saúde.

As tecnologias digitais estão deixando de serem vistas como instrumentos neutros e inofensivos, empenhados em amenizar ou até mesmo solucionar problemas da existência cotidiana. Elas têm sido cada vez mais percebidas como peças fundamentais de um bloco poderoso, com interesses mercantis e com projetos de controle e de dominação, dos quais os dados pessoais se tornaram essenciais.
Com a retórica de que coletar, armazenar e classificar os dados pessoais são fundamentais para a melhora de produtos, serviços e pesquisas, corporações e governos estão coletando massivamente dados dos cidadãos.
No Brasil, setores de serviços básicos, como o da Saúde - do qual os cidadãos para adquirirem qualquer tipo de atendimento necessitam previamente informar seus dados pessoais -, estão coletando massivamente essas informações, sem transparência sobre a razão de cada coleta e sobre à segurança da guarda e do acesso a esses dados pessoais.
No caso da área da Saúde, é preciso compreender que o uso massivo de dados pessoais terá efeitos ambivalentes sobre os cidadãos, pois ao mesmo tempo que podem ser utilizados para avanços significativos na área médica, inclusive, na busca de curas para doenças, os dados pessoais darão mais poder às corporações. As companhias de seguro saúde, por exemplo, podem, a partir de análises bastante precisas baseadas em dados pessoais, projetar o grau de propensão de uma pessoa a determinadas doenças e rejeitar esse indivíduo como segurado ou sobretaxar sua mensalidade.
Diante deste cenário, a palestra apresentará o resultado de uma pesquisa realizada na área da Saúde, em um município da Grande São Paulo, em que foi possível detectar como e quais dados pessoais são majoritariamente coletados por setores públicos e privados, onde são armazenados e por quem e como são classificados. Também serão apresentados os resultados de entrevistas realizadas com grandes redes de drogarias/farmácias sobre o tema “descontos em medicamentos versus cadastros e/ou o número da carteirinha do convênio médico”.

Info

Dia: 04/05/2019
Hora de início: 11:30
Duração: 00:50
Room: Ian Murdock - 1º andar Hemeroteca
Trilha: Privacidade
Língua:

Links:

Comentários

Estamos interessados ​​na sua opinião! Por favor, deixe-nos saber se você gostou deste evento?

Eventos simultâneos