Versão 0.1

Oficina: Tecnologias de controle, democracia e estado de exceção

Mesa de debate sobre as atuais configurações tecnopolíticas em regimes de "democracia autoritária". Interessa-nos problematizar as tecnologias de governo, bem como os limites das tecnologias de resistência em contextos autoritários.

A mesa reunirá pesquisadorxs ativistas da Rede LAVITS (Rede Latino Americana de Estudos em Vigilância, Tecnologia e Sociedade), pesquisadorxs do Centro de Antropologia e Arqueologia Forense e do Laboratório de de Análise em Segurança Internacional e Tecnologias de Monitoramento. Pretendemos promover um debate com o público presente, com o objetivo de explorar as atuais tecnologias de vigilância e controle utilizadas em regimes democráticos e autoritários, dando destaque para as reconfigurações institucionais nos modos atuais de exercício do poder. Também iremos interrogar os modelos/cenários de risco utilizados levando em conta a experiência história de períodos de exceção do passado brasileiros e sua atualização no Brasil contemporâneo.