Versão 0.1

Palestra: Privacidade versus broadcast

Considerações sobre funcionalidades conflitantes no WhatsApp

A implementação da criptografia ponta a ponta no mais popular aplicativo de comunicação interpessoal do mundo deve ser interpretada como uma conquista do movimento que luta por privacidade e contra a vigilância estatal. Do outro lado, o aplicativo tem sido usado como vetor de disseminação de desinformação degradando o debate público. É possível garantir a privacidade mantendo a saúde da esfera pública?

Com as denúncias de Edward Snowden o movimento contra a vigilância estatal -- do qual esta cryptorave é parte -- colocou no centro de sua agenda a implementação e popularização de aplicativos que garantam criptografia ponta a ponta. A acertada aposta era de que isso obrigaria as agências de espionagem a abandonarem o modelo de vigilância em massa pra focar na vigilância contra alvos específicos. Assim, a implementação do protocolo do Signal no WhatsApp deve ser interpretado como uma conquista importante deste movimento.

Do outro lado, o WhatsApp tem sido apontado como vetor de disseminação de desinformação. Em momento críticos, como as eleições no Brasil, muitas mensagens fora de contexto, boatos e notícias falsas circulam pela rede. Esse excesso de informações falsas degrada a esfera pública e traz efeitos nocivos à democracia.

A capacidade de emitir uma mesma mensagem para diversos usuários e grupos e a capacidade de encaminhar mensagens permite que um pequeno grupo manipule o debate público criando uma rede blindada do contraditório. Tal grupo está protegido de sansões legais por conta da impossibilidade de se rastrear o emissor original da mensagem.

A fala pretende elaborar esses pontos e avaliar as saídas oferecidas pela empresa.

Info

Dia: 04/05/2019
Hora de início: 12:40
Duração: 00:50
Room: Ian Murdock - 1º andar Hemeroteca
Trilha: Política
Língua: en

Links:

Comentários

Estamos interessados ​​na sua opinião! Por favor, deixe-nos saber se você gostou deste evento?

Eventos simultâneos