Version final-1

outros: An Averaging Mirror

Um espelho normal

Event large

Um Espelho Normal (The Averaging Mirror) é uma "anti-selfie" ao obscurecer o reflexo digital dos observadores enquanto identifica-os através de mecanismos opacos. A obra espelha nossa condição tecnológica, sempre observando nós mesmos(as) pelas lentes desenvolvidas e projetadas por processos desconectadas dos nossos propósitos individuais. Quando o serviço é de graça, você é o produto.

(EN)
The Averaging Mirror is an “anti-selfie”, obscuring the viewers’ digital reflection while identifying them through opaque mechanisms. The piece mirrors our technological condition, always watching ourselves through a lens designed and built by processes disconnected from our individual purpose. When the service is free, you are the product.

Nossa crescente dependência a tecnologia pessoal está ligada com a crescente opacidade dos dispositivos que nós usamos. O retrato do observador deve ser reconhecido como um rosto humano por um computador usando o algoritmo de reconhecimento facial OpenCV.

Publicado pela primeira vez em Janeiro de 2000, agora é amplamente usado como software desde produtos de vigilância até para produtos de consumo. Os avanços na tecnologia de Deep Learning aumentam os usos do reconhecimento, enquanto reforçam os preconceitos da cultura e visões de mundo das pessoas que codificam esses programas. Falhas e erros no reconhecimento revelam falhas nos padrões do software. O que nós confiamos nossas vidas diárias possui uma aura de mágica, enquanto nós fazemos upload de nossas vidas sem saber como tudo isso funciona.

(EN)
Our increasing dependence on personal technology is tied to the increasing opacity of the devices we use. The viewer’s portrait must be recognized as a human face by a computer using the OpenCV facial recognition algorithm. First released in January 2000, it is now widely used in software from surveillance to consumer products. Advances in Deep Learning increase the uses of recognition, while reinforcing the biases of the culture and worldviews of the people coding the programs. Glitches and errors in recognition reveal flaws in the software’s standards. What we rely on in our daily lives has the aura of magic, as we upload our lives without knowledge of how it all works.

Info

Dia: 05/05/2017
Hora de início: 22:00
Duração: 01:00
Room: Performances
Trilha: Gênero
Language: en

Links:

Comentários

Estamos interessados ​​na sua opinião! Por favor, deixe-nos saber se você gostou deste evento?

Concurrent Events